Posts com Tag ‘pensamentos’

uma sombra balzaquiana

Publicado: 17 de janeiro de 2009 em Sem Categoria
Tags:,

Seis anos atrás saí de casa. Meu primeiro passo no mundo sozinho foi à noite, dois amigos me ajudaram a levar minhas coisas para um sobrado que eu tinha alugado perto da universidade.

Hoje à noite, no espelho vejo três brincos, duas pulseiras, um anel. Lembro dos óculos que esqueci. Um dente que perdi. Fios de cabelo a menos. Uma marca de expressão do lado do nariz. Uns cabelos brancos, uns cinco ou seis de cada lado. A tatuagem que nunca acaba. Minha fita do Bom Fim. Minhas indiscutíveis olheiras. 29 anos!

Meu ultimo dos vinte! E continuo jogando videogame, lendo meus livros, assistindo meus filmes, internet. Sem o meu lar, sigo viajando por quase um ano. Amigos que vão, amigos que vem; amigos que sempre trago comigo. Saudades, lembranças. Tantas histórias. Tantas coisas para contar. A procura constante, perene, por alguém com o coração no lugar certo. Chamo de menina uma mulher de 20 e tantos anos.

Vejo os amigos que se tornam professores, diretores, produtoras, médicas, jornalistas, músicos, fotógrafos. Aqueles que casam, aqueles que se tornam pais. Uma inveja medrosa. Uma preocupação desleixada. Alguém aqui em Moçambique me perguntou com quantos anos se casava um rapaz no Brasil, e dei a resposta que sempre usei, “por volta dos trinta”, sem perceber que é nessa volta que estou.

Sinto o tempo passando. Não sei a diferença entre geek e nerd. Parei no e-mule e tenho saudades de ICQ. Fico lendo sobre relacionamentos. All-star, jeans, camiseta. Do samba, do rock, do reggae, do folk. Danço, canto e sonho. Um menino velho. Que se assusta ao pensar que chegando aos trinta imaginava estaria mais velho.

Musashi sama uma vez falou sobre fazer do mundo o seu quintal. Às vezes de longe, às vezes de perto, é por esse caminho que tento andar.

my shadow comes with me...

my shadow comes with me...